Tendência

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Porto Seguro: Fraude no transporte escolar. Prefeita vai ser afastada? confira aqui.


Crime no transporte escolar em Porto Seguro. Mau uso pode chegar a 40 milhões de reais


Resultado de imagem para claudia oliveira agulhao
Conforme o Ministério Público Federal, os gestores públicos e os responsáveis por pelo transporte Escolar , que prestaram serviços para a prefeitura, são suspeitos de direcionar contratações, fraudar licitações e desviar recursos Federais da Educação e pelo mau uso de mais de R$ 40 milhões do Ministério da Educação.
Apenas a empresa vencedora, que também é alvo do processo do MPF, participou da licitação e foi contratada, segundo o órgão, apesar de ser entidade de natureza privada com fins lucrativos e de não ter atendido a todas as exigências do edital, razão pela qual deveria ter sido desclassificada.



ESTA SEMANA MORADORES INTERDITARAM BR EM ARRAIAL POR FALTA DE TRANSPORTE ESCOLAR
Por: Edmilson Ciriacco

A Justiça Federal está prestes a decretar o afastamento por 180 dias da prefeita da cidade de Porto Seguro, Ba, Cláudia Oliveira, por atos de improbidade administrativa e suposta fraude em processo licitatório do Transporte Escolar . A informação corre nos bastidores, e procuradores e advogados da prefeita já estão em Brasília.
Se tomada , a decisão da Justiça atenderá à ação que corre em segredo de justiça que visa Combate à Corrupção. O MPF, BA que denunciou os gestora por irregularidades na contratação de transporte escolar , o esquema de desvio de dinheiro público Federal.
A quantia de 40 milhões até agora , segundo o MPF, corresponde ao valor do dano causado aos cofres públicos.
Robério Oliveira prefeito da cidade vizinha de Eunapolis,Ba e empresários ligados à empresas contratadas pela gestão municipal também são alvos de processos do MPF por suspeita de irregularidades.
NAS REDES SOCIAIS  AS INSATISFAÇÕES DOS INTERNAUTAS SÃO CLARAS. O CONTEÚDO DA MATÉRIA É DO FACEBOOK DE CLARA GUALBERTO 

Conforme o Ministério Público , a prefeita deverá se afastar das funções públicas para garantir que não dificultarão a apuração do caso. Os processos seguem tramitando na Justiça Federal.
Se condenados, os gestores poderão ser penalizados com perda da função pública, ressarcimento do valor aos cofres públicos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o poder público, receber incentivos fiscais ou creditícios e suspensão dos direitos políticos por até oito anos.
O MPF informou que se baseou em relatórios da Controladoria Geral da União (CGU) que apontam danos ao patrimônio público e enriquecimento ilícito dos acusados para fazer a denúncia.
Irregularidades
Conforme o Ministério Público Federal, os gestores públicos e osresponsáveis por pelo transporte Escolar , que prestaram serviços para a prefeitura, são suspeitos de direcionar contratações, fraudar licitações e desviar recursos Federais da Educação e pelo mau uso de mais de R$ 40 milhões do Ministério da Educação.
Apenas a empresa vencedora, que também é alvo do processo do MPF, participou da licitação e foi contratada, segundo o órgão, apesar de ser entidade de natureza privada com fins lucrativos e de não ter atendido a todas as exigências do edital, razão pela qual deveria ter sido desclassificada.
A assessoria de comunicação da Prefeitura de Porto Seguro informou ao G1, no final da tarde desta terça-feira (22), que o prefeita da cidade, Claudia Oliveira , está em Brasília junto com o esposo Robério Oliveira , ficou sabendo da decisão da Justiça pela manhã. Ainda conforme a assessoria, a prefeitura aguarda aval de advogados para poder emitir um posicionamento sobre o caso.

4 comentários:

  1. As crianças de Porto Seguro viajam dezenas de quilômetros em ônibus velhos, sucateados, pondo sua segurança pessoal em risco para chegar a escola. Com esse dinheiro desviado daria para construir as escolas necessárias para atender aos estudantes perto das suas casas. Queremos escolas pertos de casa e não passear de ônibus velhos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. O povo daqui também leva grande culpa nisso, pq na hora q ela gasta milhões com cantores famosos o povo sabe pular no show, agora quando a coisa aperta o povo lembra de reclamar, pq só com o dinheiro gasto nesses shows seria feito é muita coisa pela nossa cidade, por exemplo: colocar ônibus decente pra irmos trabalhar e não está a mercê de quando chegar em uma ladeira ele comece encher de fumaça, pasar menos de uma hora esperando um carro pra ir pra casa... O povo tem q abrir os olhos e aprender a reclamar do que se deve, pq saimos nor jornais com os shows e cantores renomeados, mal sabendo q dentro da cidade está só a bagunça.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

A TRIBUNA BAHIA

Noticias 24 horas do Sul da Bahia- Agência Porto Press Comunicação-Você repórter 73-99994-2798- whatsapp

Follow by Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Traduzido Por: Mais Template - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades