http://www.saude.ba.gov.br/policlinicasregionais


O Giló amargou: Presidente Chico Giló mantinha nora desde 2017 como funcionaria da Câmara cometendo crime de nepotismo

Foto: voceaki/ Desde 2017 o Fiscaliza Itamaraju denuncia ''NEPOTISMO'' na Câmara de Vereadores de Itamaraju, quando o Presidente Chico Giló assumiu a Presidência e nomeou a esposa do seu Filho Frank Giló, Greiciane Quinto de Almeida Brito. O caso foi levado ao MP. Temendo punição Giló resolveu exonerar sua nora esta semana.( ATRIBUNA)
No último dia 17 de maio o o site TN publicou com exclusividade uma reportagem sobre a nomeação da nora do presidente da Câmara de Vereadores de Itamaraju, Chico Giló, Greiciane Quinto de Almeida Brito, esposa do produtor de eventos, Frank Giló, também conhecida por “Frank Produções”, filho do político. Greiciane foi nomeada no início de 2017, assim que Giló tomou posse como presidente da Casa.
À época o Grupo Fiscaliza Itamaraju prometeu levar o caso ao Ministério Público Estadual (MPE), que havia acabado de deflagrar uma operação de combate a supostos atos de corrupção na Câmara Municipal de Itamaraju, que culminou em busca e apreensão de documentos na manhã do dia 10 de maio.
A denúncia feita pelo Fiscaliza Itamaraju, revelava ainda que, além do caso de nepotismo, Greiciane não compareceria à Câmara para exercer a função de assessora. Nas redes sociais a nora de Jiló, segundo o Fiscaliza, apareceria frequentemente em fotos no litoral do Prado em dias que deveria estar em expediente.
E neste último dia 1º de junho, através do Decreto 010/2018, o presidente da Câmara Municipal de Itamaraju, Francisco das Chagas Feitosa Giló ‘Chico Giló’, exonerou a nora Greiciane Quinto de Almeida Brito da função de assessora de gabinete do Legislativo itamarajuense.
O Presidente da Câmara, ‘Chico Giló’, de acordo com os membros do Fiscaliza Itamaraju, chegou a confirmar em entrevista a uma emissora de rádio da cidade que teria de fato nomeado a esposa de seu filho para a função, porém desconhecia que se tratava de um crime. Agora diante da repercussão do caso o mesmo optou em exonerá-la. (Extraído redação TN)
OBS: O Conteúdo extraído e as publicações assinadas, são de inteira responsabilidade do Portal cuja publicação originada. e os comentários sobre a matéria do Editor do Blog.

Nenhum comentário